quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Morte


"Na noite mais sombria, ela vem. Senta ao me lado na cama, acaricia minha face com ternura e frieza. Uma velha amiga de longa data que agora está de volta. Já estava sentindo falta dos calafrios noturnos e da sensação de não ter uma alma, que ela me proporcionava. Me arrepio dos pés a cabeça em sua presença. Temos tanto em comum, principalmente a solidão eterna.
Conversamos por horas, como uma conversa de comadres que não se viam há tempos. Fico feliz em ter minha velha "amiga" ao meu lado outra vez."

-Gabriel Silva-

Ditados

" "Querer não é poder." Você ainda vai ouvir muito isso na vida. Mas saiba que nem por isso você deve desistir daquilo que você quer. Uma mente frágil, se deixa levar por qualquer ditado medíocre. Mas uma mente sábia desmente qualquer ditado com a própria experiência."

-Gabriel Silva-

Sentimento

"Hoje resolvi contar as estrelas, mas percebi que era perca de tempo. Assim como é perca de tempo, tentar criar algum tipo de sentimento dentro de um coração que já não sabe mais oque é bater. Eu gosto de me sentir assim, eu já estava ate com saudade dos meus "velhos tempos". Acho que não me reconheço mais sendo aquele cara sentimental, social e que gota do convício com pessoas. Minha essência é outra. Eu sou outro."

-Gabriel Silva-

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Dor

"Você conhece a dor? Será que oque você sentiu, e diz que é dor, realmente lhe machucou? Dor não é, ralar o joelho. Porque você faz um curativo e logo passa. Dor não é você quebrar um osso do corpo. Por que você coloca gesso e com o tempo ele volta pro lugar. A dor que eu estou falando é aquela que nem o tempo é capaz de curar. É aquela que impregna na alma e não sai nem com a própria morte. Que te corroí por dentro, como um ácido mais corrosivo que você possa imaginar. Isso sim é uma dor. Agora eu te pergunto novamente... Você conhece a dor?"

-Gabriel Silva-

Relapso

Em meio a surtos, tropeços e embaraços. Eu realmente entendi que a minha vida é baseada em solidão. Não importa o quanto eu queira alguém pra passar o resto da vida, esse alguém nunca vai permanecer. A solidão me acompanha juntamente com a insistente capacidade que eu tenho de afastar as pessoas que me querem o bem. Mas até que eu gosto de "ser solitário". Porque eu criei meu próprio mundo, e nele apenas eu posso entrar. Nunca mostrei esse "mundo" a ninguém, e nem pretendo. Se apenas o meu instinto já afasta as pessoas, imagine oque a minha insanidade pode fazer.

-Gabriel Silva-

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Praga

Com o corpo em chamas, eu me afogo nas profundezas da solidão. Um sonho pode te dar um momento de prazer. Mas a realidade puxa o teu tapete de uma forma que você não tem como se recompor. Queria acabar de vez com essa agonia. Sempre que fecho meus olhos para dormir, sou atormentado com visões que me dão pesadelos toda noite. Acho que fui trazido a esse mundo unicamente para sofrer. Sentir o gosto, não tão amargo agora, da solidão. A solidão pra mim, se tornou mais do que algo que vem e que vai. Dessa vez ela veio pra ficar, e trouxe consigo tudo de ruim que a vida pode me dar.

-Gabriel Silva-

sábado, 25 de janeiro de 2014

Ingênuo

Pode parecer bobagem, mas eu sinto falta de mensagens de amor mostradas em público. Sinto falta de abraços a qualquer momento, não só quando estamos a sós. Sinto falta de você junto a mim. Sinto falta de você.
As vezes acho que me entrego de mais. Mas infelizmente esse é o meu jeito. Eu, não seria eu, se não me jogasse de cabeça em uma paixão. Não entendo por que não posso gritar ao mundo o quanto eu te amo, se o mundo está aqui na nossa frente. Por que não posso expor um amor reprimido dentro de mim? Por que não podemos assumir de uma vez nossa paixão? 
Será que vamos viver uma vida toda assim, nos escondendo? Não sei se posso suportar, guardar tudo isso dentro de mim. Você pode dizer, por vezes, o contrário, mas eu tenho certeza que isso está nos separando aos poucos. Não quero te perder, mas é você quem está me deixando.

-Gabriel Silva-